NOSSA CANÇÃO

 
NADA SE COMPARA
Jana Figarella
Nada se compara a alegrai
Que é estar na minha terra
Pérola do tapajós
Que encanta todos nós
Hoje meu cantar
É pra homenagear tua beleza
Rara beleza
Todo meu bem
Entrego ao coração de Santarém
Eu digo égua, falo pai d'égua
Não nego a ninguém
Que meu orgulho é Santarém
Eu digo égua, mas olha já
Mas quando que eu nego
Eu sou cabocla do Pará (bis)

Apresentador Luciano Huck faz gravações no oeste do Pará

TV Tapajós entrevista Luciano Huck (Foto: Luana Leão/G1)

 

                     
Luciano Huck concedeu entrevista à TV Tapajós e ao
G1 durante a passagem por Santarém
(Foto: Luana Leão/G1)
 
O apresentador Luciano Huck, da TV Globo, fez gravações em solo paraense durante a semana. Ele desembarcou em Santarém às 23h de segunda-feira (26) para visitar comunidades ribeirinhas e a aldeia indígena Zoé, localizada entre os municípios de Oriximiná e Óbidos, oeste do Pará. Huck acompanhou o trabalho da Fundação Nacional do Índio (Funai) realizado na aldeia.
 
Luciano Huck em Santarém (Foto: Luana Leão/G1)
 
Esta é a segunda vez que o apresentador visita a região, mas a primeira que conhece uma aldeia indígena. “Segunda vez em Santarém, em Alter do Chão, segunda vez nas comunidades ribeirinhas, primeira vez nas terras indígenas. Como sempre, vir para cá é uma experiência muito enriquecedora”, disse.
 
Luciano Huck seguiu para SP na tarde desta
quarta-feira (Foto: Luana Leão/G1)
O apresentador veio acompanhado do ex-jogador Ronaldo Fenômeno. Huck disse ao G1 que as reportagens gravadas na região serão exibidas no mês de julho, durante a Copa do Mundo. “Os detalhes da nossa vinda vocês vão ver no Caldeirão do Huck durante o mês de julho, mas basicamente acompanhar um trabalho da Funai muito interessante, a importância da preservação de índios isolados, das tribos de recente contato, o quanto é importante você criar mecanismos eficientes para você preservar essa cultura, para você proteger esses brasileiros que carregam muito da nossa história antes da gente chegar aqui”, ressaltou.
Huck se hospedou em um hotel em Alter do Chão, balneário localizado cerca de 38 km de Santarém, mas na última terça-feira (27) pernoitou na aldeia, acompanhado de uma comitiva, entre produtores e membros da Funai.
 O apresentador, assim como o ex-jogador Ronaldo, seguiu para São Paulo às 16h30 desta quarta-feira (28).
 
fonte:TV Tapajós e G1

Monobloco é a atração nacional para o aniversário de Santarém


 
O prefeito Alexandre Von antecipou o nome da atração nacional que abrilhantará a programação de aniversário de Santarém, comemorado no mês de junho. Será o Monobloco, grupo consagrado por incorporar diversos ritmos e estilos musicais à batida do samba.

O Monobloco se apresentará na orla da cidade, no dia 21. O grupo está entre os grupos brasileiros que contabilizam mais apresentações durante o ano todo.

O repertório eclético vai das marchinhas tradicionais de João Roberto Kelly ao samba de Cartola e Clara Nunes, passando pelo xote de Alceu Valença, o forró de Luiz Gonzaga, o funk de MC Leonardo, até canções de Paralamas do Sucesso, Raul Seixas e Tim Maia.



Segundo o prefeito, no dia 19, irmão Lázaro será a atração gospel como parte das comemorações do aniversário da cidade. A programação completa ainda está sendo definida pelo governo municipal.
 
fonte: blog quarto poder
texto: Marcos Santos

MÚSICA DA SEMANA

 

SANTARÉM

Antonio José

Minha terra não esqueço, meu eterno endereço
Onde quer que eu vá morar
Te deixei quando menino, vim cumprir o meu destino
Mas ainda irei voltar
Pode ser esta semana, Dou adeus Copacabana
Ou quem sabe no verão que vem
És o meu sonho dourado, sou um filho apaixonado
Que te ama Santarém
São Francisco minha escola, eu nunca fui bom bola
Mas um Raí-Fran sonhei
Minha rua Dom Amando, eu continuo amando
Gioconda que deixei
Meu pai simples garimpeiro, sempre com pouco dinheiro
Mas amor nunca faltava
Minha casa era modesta, minha mãe era uma festa
Toda vez que eu voltava
Sei que era tão feliz, quando a missa da matriz
Dom Thiago e o coreto
Cine Olímpia ou Cinerama ou na lenda Lady Gama
Onde derramei meus medos
O Mascote dos Amores, o trapiche, os pescadores
E o violão do mestre Moacir
Dói demais esta saudade, pergunto a minha verdade
O que é que eu faço aqui

No Rio de Janeiro, capital de ilusão
Que imaculou meus sonhos e prendeu meu coração
E o vento que me trouxe, embalava um cantor
E a minha voz te chama, Santarém do meu amor
Eu choro tuas águas, Amazonas e Tapajós
Dois rios namorados, que encantam todos nós
Pequeno Alter do Chão, rogue a Virgem Conceição
Pra que eu volte, e pare de chorar...
Minha terra não esqueço

SANTARÉM RECEBE PELA SEGUNDA VEZ LUAN SANTANA


Santarém parou na noite de domingo (25) na feira agropecuária para receber o cantor Luan Santana, o show que marcou o aniversário de 35 anos da TV Tapajós e 34 da rádio 94 FM. Aproximadamente 2.000 pessoas foram prestigiar o show o evento que foi para todas as idades desde os pequenos ate os mais maduros, infelizmente como nada é perfeito o show começou com mais de uma hora de atrazo o pior foi que muitos pais tiveram que sair antes do show começar. Depois do imprevisto para a alegria dos fãs ele entrou no palco e cantou seus melhores sucessos e levou principalmente as meninas ao delírio a produção ficou por conta da 3K intretenimento sempre fazendo um excelente trabalho o show encerrou a uma hora da madrugada.

VEJA AGORA OS MELHORES MOMENTOS!









Turma TV Tapajós





EXPOSIÇÃO DE FLORES E PLANTAS DE HOLAMBRA




Desde o do dia 18/05 está acontecendo a Expor Flor e Plantas Da Holambra no parque da cidade a exposição de flores e plantas diretamente da Holambra cidade da capital de São Paulo vem movimentando a cidade e quem é  apaixonado por flores, fica encantado com as maravilhas que vieram de fora.


De todas as cores e formas se encontra lá. Algumas já conhecidas pelos santarenos outras como a aphelandria e tuia strckita são novidades além de expor o público também pode levar para casa mais de mil pessoas já passaram pela exposição se você quiser vê esse show de cores e formas e só ir no parque da cidade das 09:00 as 21:00 a exposição vai ate o dia 26 não perca.


2º Festival do Milho na comunidade de Santa Cruz



 
 
 
A Associação comunitária de agricultores, produtores rurais, criadores e extrativistas de Santa Cruz (Acaprucesc) realiza nos dias 30 e 31 de maio, o 2 º Festival do Milho.  No apoio a Secretaria Municipal de Cultura (SEMC)  e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (EMATER-Pará). O evento traz a proposta de divulgar a produção agrícola na valorização da cultura do milho e derivados.
Segundo uma dos coordenadores, Raimundo Almeida essa atividade motiva os produtores a investir mais no cultivo do milho. “ E ainda fortalece a agricultura familiar e a organização comunitária”.
A comunidade fica localizada na Rodovia Curua-una, no Km 27. Mais informações com Raimundo Almeida (93-9227-0812) e Ronan Almeida (93-9129-6012 / 9113-1214).  

PROGRAMAÇÃO
SEXTA-FEIRA (30/05)
 
19h 30 min – Oração de abertura do evento
20h – Composição da Mesa das autoridades
20h 15 min – Momento Cultural (histórico do milho, poesias e  paródias)
20h 30 min – Desfile de bonecas e apresentação da candidata a Rainha do Festival
21h 30 min – Seresta ao vivo
01h – Encerramento 
 
SÁBADO (31/05)
 
09h – Exposição de Artesanato e produtos derivados do milho
11h- Comercialização de comidas típicas
14h- Torneio de futebol (duplas)
1º colocado – 01 leitão assado
2º colocado – 01 caixa de cerveja
20h- Desfile da rainha da rainha, dança do milho e outras danças
22h- Som ao vivo com as bandas Forrozeiros.com e Forró Balancyar
03h-Encerramento.


Texto: Alciane Ayres-Ascom/SEMC.
Fonte e Foto: Blog da SEMC

A ARTE DO PANEIRO

PANEIRO - é o cesto amazônico por excelência, feito de talas de guarimã, guarumã ou arumã, eu prefiro chamar de guarimã como é conhecido no baixo amazonas e zona Bragantina do Pará, é confeccionado  em traçado hexagonal, formando "estrelas de Davi" . A palavra paneiro é hibrida, vem do tupy - PANÁ (cesto) com o sufixo português - EIRO que expressa uso, finalidade e profissão (paná + eiro = Paneiro). Muita coisa se faz com o guarimã, além dos tradicionais paneiros, no passado, os caboclos ribeirinhos, embalavam farinha em paneiros que eram forrados com as folhas do guarimã. Carrega-se e guada-se nos paneiros,  de roupas a alimentos, até animais são transportados em paneiros na Amazonia.




Alguns cestos são feitos em um tamanho reduzido  os menores são usados como enfeites de decoração para salas, cozinhas e áreas.

Urina humana é usada para confeccionar cuias.

Já falamos sobre o tacacá mais uma coisa que não se pode esquecer é  da cuia sem ela o tacacá não é o mesmo mas a pergunta é você como ela é feita? Seu processo é meio estranho leva ate urina humana para entender melhor vamos ver como ela é feita.


A cuia vem da cuieira ela é mais encontrada na Amazônia as cuias são confeccionadas mais pelas mulheres os homens apenas pegam o fruto  e um outro material conhecido como cumati esse cumati é a casca de uma árvore ela serve para tingir as cuia e assim deixa-la na cor preta.
vamos ver agora as etapas dessa confecção.



  

1ª etapa 
Após a retirada do fruto as  mulheres retiram uma massa de dentro dela algumas pessoas dizem que essa massa é boa para bronquite e asma.
2ª Agora vem o processo de lixamento e você  não imagina o que elas as mulheres usam uma lata de sardinha.
3ª É nessa terceira etapa que as cuias ganham a tintura preta. Para a casca soltar a tinta eles utilizam água e ficam pressionando até sair o líquido escuro.
4ª Depois de  todo esse processo as cuias são levadas para o pretador ou a cama. Nessa cama eles tem cinza, talo e urina humana. As pessoas jogam a urina por cima do talo e das cinzas e as cuias são colocadas por cima depois disso elas são abafadas por folhas e lona.

Vale lembrar que a urina usada são guardadas em um  pote a mais de 1 mês ela tem que está bem forte para poder ser usada. Depois desse de todo esse trabalho elas são usadas para  provar um bom tacacá.

 




O melhor PF do Brasil



 
Você sabe qual é o melhor PF do Brasil? Se engana quem acha que é o feijão e o arroz o melhor PF é a maniçoba já ouviu falar? Um prato típico daqui do Pará mais conhecida com a "Feijoada Amazônica"  ela não tem uma aparência muito agradável mas ela é deliciosa.



A feijoada paraense contém essa aparência por conta da maniva extraída da folha da macaxeira tudo se aproveita nessa planta com a raiz se faz a farinha um caldo que sai de dentro da raiz vira o tucupi e a folha que se faz a maniçoba só tem um problema com ela a folha é venenosa quem trabalha com ela sabe disso por isso que a folha tem que fica 7 dias no fogo para poder perde todo o ácido cianídrico sem esses cuidados pode ate matar por intoxicação. Tirando isso a maniçoba é rica em zinco e muito mais outros componentes. É por isso que ela é o melhor PF do Brasil agora só falta você vim pra cá e provar.




Cristina Caetano faz tributo a Clara Nunes




Ela tem  38 anos, dona de uma linda voz a 13 anos se dedica  profissionalmente à música, a cantora Cristina Caetano se apresentou nesta  sexta-feira (9)no Barrudada Tropical Hotel e fez um tributo a cantora “Clara do Brasil”, Clara Nunes, que morreu há 31 anos ela foi e continua sendo um ícone da MPB musica popular brasileira e Cristina Caetano é nosso maior expoente musical regional .




Cristina Caetano já fez diversos tributos – a Billy Blanco com Sebastião Tapajós também fez “Roda Viva”, “Carinhoso”, em homenagem a grandes mestres do samba, Cartola, Noel Rosa, Paulinho da Viola e Dona Ivone Lara.  Ela também diz que a cantora  Clara Nunes é uma artista que sempre esteve presente em  sua  vida musical, e está entre sua artistas preferidas por sua história, sua simpatia, voz e por expressar seu amor pelo pais sua cultura com tanta riqueza e orgulho pela cultura tradicional.



Cristina cantou mais 17 músicas do repertório de Clara e todas com um toque bem regional. Ela não só cantou as músicas da sua musa ela também se vestiu de Clara Nunes, incorporando seu jeito, sua forma de cantar e dançar. Uma característica importante da cantora era seus vestidos rendados e longos e com uma flor no cabelo.


 A  sua equipe de músicos é composta por Paulo Victor (violão), Edmárcio Paixão (violão), Junior Castro (sax e flauta transversal), George Andrade (baixo), Luciano Queiroz (bateria), Everson César (percussão) e no berimbau o Leopardo, que um capoeirista que mora em Alter do Chão. O show durou mais de 1:30 hora.





Exposição de Artesanato

 


Pra você que adora artesanato tenho uma boa dica está tendo exposição de artesanato no terminal turístico a exposição irá ate terça feira lá você encontrará bijuterias, objetos de decoração, camisas personalizadas e muito mais  dei uma passadinha por lá tenho certeza que vai gostar.





Revelação de volta a Santarém

 
 
Santarém recebeu pela segunda o grupo de pagode Revelação, o show ocorreu na ultima quarta feira no Clube Da Viola, esse é um dos últimos shows do vocalista Xandy ele que já está se despedindo do grupo o show foi organizado pela produtora de eventos 3K entretenimento.