2° MANIFESTAÇÃO EM SANTARÉM


Na tarde de terça (25) em Santarém, oeste do Pará, manifestantes saem nas ruas pela 2° vez em uma caminhada pacífica que percorreu três ruas. A manifestação começo por volta das 18:00 na praça são Sebastião no centro da cidade é durou aproximadamente duas horas e seguiu pelas seguintes avenidas: Rui Barbosa, Barjonas De Miranda e Tapajós.

A frente da manifestação estavam a diretoria da UÉS, OAB, FAMCUS, UNESCOS.

O advogado da OAB, Walace Carneiro disse que já houve grandes vitórias na primeira manifestação, uma das reivindições era estavam o desocupação da área da Buriti  e penalidade pelos danos ambientais, e o reajuste da meia passagem estudantil.  o mesmo também comentou que Santarém, fez uma manifestação de respeito e pacifica.
Com um número menor segundas informações de um dos coordenadores, o número de manifestantes chegou em torno de duas mil pessoas uma porcentagem menor do que do primeiro protesto.

 Mas isso não foi motivo de desanimo todos manifestantes levaram faixas e cartazes e indignados com os problemas foram reivindicar seus direitos.

Por volta das 19:15 a manifestação chegou em frente a igreja da matriz Nossa senhora da Conceição e de la seguiram em direção a praça de onde saiu São Sebastião e terminou as 19:45.  


12° Servifest etapa Santarém

Na noite de domingo em Santarém(oeste do Pará), ocorreu o 12° Servifest - etapa Santarém, promovido pela prefeitura municipal. O festival contou com a participação de 11 cantores de vários lugares da região. Dois seriam escolhidos para a próxima etapa em dezembro na capital Belém. Os jurados eram cantores profissionais da região.

Entre os concorrentes estava o simpático argentino, Sérgio Abalos de 35 anos que toca violão. Sérgio mora no Brasil a quase 5 anos e o mesmo toca para um grande músico regional, Sebastião Tapajós. O argentino nem sabe que logo terá uma grande surpresa.

O servifest teve a participação especial do rei do carimbo, Pinduca o grande cantor de carimbo do Pará, ele veio de Belém fazer o encerramento do evento. Pinduca disse que o publico poderia espera, um show animado, e que não deixaria ninguém fica parado é comentou que a secretaria de cultura deveria promover, mais eventos desse tipo é assim valorizando a cultura paraense ele não tinha palavras para dizer a emoção que estava sentindo de cantar para os Santarenos.

Pinduca, começo o show é não deixou ninguém ficar parado a multidão dançavam ao som inconfundível do rei.

O rei não poderia deixar de chamar suas pinduquetes que dançaram muito carimbo na companhia do músico.

Joelma show de 37 anos, uma das piduquetes falou que foi uma honrar ter dançado para o pinduca ela não consegue agradecer a produção do evento por ter chamado-a para se apresentar com ele.
Logo após, o show do pinduca foi dado o resultado de quem tinha ganhado o primeiro lugar da etapa Santarém do festival o trio Wander de Andrade, Andria Góes, e o argentino Sérgio Abalos foram os vencedores.

O grupo ficou muito emocionado e agora ira se prepara para a próxima apresentação na capital em dezembro.

Texto e imagens: Geovana Katrine

Ritual indígena

Na tarde deste sábado várias tribos se reunirão para fazer um ritual indígena em agradecimento aos ante-passados. Invocar a presença dos espíritos e nesse momento eles pedem força, coragem, sabedoria, e agradecem a mãe natureza e o tupã e isso serve também para manter a tradição viva. 
O ritual inicio com um bate-papo sobre o movimento indígena todos deram sua opinião as histórias eram do inicio de como começou o movimento uma das revoltas e descriminação e o preconceito encima dos povos indígenas.

João Tapajós um índio puro se emociona ao lembra dos ante-passados e fica indiguinado por alguns indígenas por nãosaberem nem da sua origem.

Paulo Borari de 20 anos povo de alter do chão, conta com mais detalhes como acontece um ritual. Paulo estar preparando uma defumação, pau que ele esta queimando foi extraído de uma arvore conhecida como Ibirataia essa defumação e usada em todo ritual outro acessório que não pode falta e o maraca ou mariri que e usado nas festa e também pelo paje para fazer cura como mostra João Tapajós.
O ritual e feito na lua cheia ou e aniversário de um pajé. O líder e aquele que tem mais conhecimento para fazer invocação e muitas vezes e o pajé.
 
Apos assistirem um documentário os indígenas  se dirigiram para um espaço próximo ao a uma mata ela inicio o ritual eles fizeram uma roda em voltam da fogueira e cantaram, agradeceram a natureza e a tupã.

No final do ritual todos tomaram um banho de descargo alguns dos ingredientes é as folhas das plantas comigo ninguém pode, manjericão é pião roxo e outros. inclusive eu também fui abençoada no ritual. 
O ritual encerrou com uma confraternização entre os indígenas.


PROTESTO EM SANTARÉM


 Na tarde desda quinta feira uma multidão de manifestantes saíram as ruas  de Santarém em protesto contra a corrupção e mal uso do dinheiro publico esse protesto também foi em isentivo a manifestação de São Paulo e de outros estados. Santarém teve um publico maior de que o protesto feito na capital Belém o numero foi mas do que o esperado para mais de mil pessoas participaram do movimento.  
O movimento foi pacífico em todo o perculso  não ocorreu nem um problema em caso de confrontos ou vandalismo as pessoas tinham conciência de que não precisariam se submeter a esse ponto como ocorreu atos de violências em outros estados.
 Um grupo de jovens punks alem de reivindicar  melhorias na educação e saúde a  proveitaram para mostra que não fazem mal a ninguém  são seres humanos e querem O melhor para todos como foi o caso dos dois amigos Gabriel pessoa de 19 anos e  Madson Sousa de 18 anos que foram revindicar seus direitos.
Os representantes dos  povos indígenas também marcaram presença protestando sobre a demarcação de terra,  hidreletrica instaladas na Amazônia e sobre todos os direitos dos indígenas que faltam ser conquistados.




O comandade Marjo falou sobre o esquema da policia disse que tinhas bastantes policiais no local e que uma parte  estavam infiltrados entre a multidão para evitar talvez futuros incidentes.
    Os protestantes caminharam e direção a prefeitura, na chegada não teve tumultuo foi tranquilo o prefeito Alexandre Von recebeu os organizadores para uma conversa. A policia montou uma barreira para evita confusão.
 O protesto continuava Michael Branches ao sair do trabalho foi logo ao encontro da multidão e com seu cartaz mostravam que era mas um indi guinado com a politica corrupta.
Essa foi a maior manifestação em Santarém alem do povo cansar de ser enganados a papulação abriu os olhos e apoiá São Paulo e os outros estados que também aderiram a esse protesto.


 IMAGENS EXCLUSIVA DO PROTESTO

 imagens e redação; Geovana Katrine